Paulo Cupertino um dos criminosos mais procurados de São Paulo é preso após quase três anos

0
25

Após quase três anos foragido, Paulo Cupertino acusado de matar o ator Rafael Miguel e seus pais em junho de 2019 foi preso na tarde desta segunda-feira (16), em Interlagos.  Paulo Cupertino estava hospedado em um hotel. A polícia recebeu uma ligação anônima, que foi informada do possível paradeiro de Cupertino. Policiais da 6ª Seccional realizaram a abordagem e o suspeito foi encaminhado para o 98º Distrito Policial, localizado no Jardim Miriam.

Após a prisão, ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde fez o exame de corpo de delito e depois foi para a Divisão de Capturas, no DHPP, no centro da capital, onde está à disposição da Justiça.

Na chegada ao Departamento de Homicídios de São Paulo (DHPP), Paulo Cupertino alegou ser inocente pelo triplo homicídio, “eu sou inocente. A minha filha me condena, mas vamos esperar a Justiça para saber a verdade. Olha minha filha ontem e olha hoje”, disse Cupertino.

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, Osvaldo Nico Gonçalves, o suspeito afirmou que “a filha está muito mais feliz agora do que no tempo em que ela namorava com o rapaz”. Ele falou pra mim isso, agora precisa ver com a filha dele. Ele chegou a falar pra mim que está com a consciência tranquila porque a filha estava muito mais feliz agora do que antes”, disse o delegado.

Quando soube da prisão do pai Isabela Tibcherani, postou em suas redes que passa por um mix de sentimentos, “acabei de ser informada sobre a prisão dele e ainda estou assimilando. Não é a primeira vez que eu recebo essa informação, tanto que a minha primeira reação ao receber a ligação foi: ‘Você tem certeza do que você está falando? Você confirma isso? Não posso ter a minha vida balançada agora”, disse Isabela.

Relembre o caso

O ator Rafael Miguel ficou conhecido por interpretar um personagem em uma novela no SBT e participar de alguns comerciais de TV. Após algum tempo começou a namorar a filha de Paulo Cupertino que não aceitava o relacionamento e acabou matando o ator e seus pais João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel em junho de 2019 no bairro Pedreira.

O crime aconteceu na casa do suspeito, após terem ido até a casa de Isabela, para conversarem sobre o relacionamento com sua filha e o empresário Paulo Cupertino teria atirado 13 vezes em direção do ator e de seus pais. Rafael foi atingido por sete tiros, um na cabeça, outro no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo. João Alcisio, o pai, foi baleado quatro vezes (uma no peito, duas no braço esquerdo e uma no braço direito), e Miriam, a mãe, duas (no peito e no ombro). No mesmo mês do triplo assassinato, a polícia decretou a prisão temporária do empresário, que “sumiu” após o assassinato.

No site da Polícia Civil, o nome de Cupertino aparecia como um dos criminosos mais procurados pela justiça de São Paulo e estava incluído na Difusão Vermelha da Interpol, ou seja, tinha mandado de prisão contra ele em qualquer país. Até meados de junho de 2021 foram 90 denúncias de possíveis paradeiros de Cupertino, sendo 25 em cidades paulistas, oito municípios de sete outros estados, em uma cidade argentina e em outros cinco locais não identificados.

Ainda de acordo com a polícia, Paulo Cupertino teria recebido ajuda de pelo menos quatro amigos para fugir e se esconder da justiça. Dois desses quatros amigos, Eduardo Jose Machado, o ‘Eduardo da Pizzaria’, dono de uma pizzaria na Zona Sul; e Wanderley Antunes Ribeiro Senhora, que mora em Sorocaba, no interior paulista, se tornaram réus por favorecer Cupertino, mas respondem em liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.