9ª Feira Cultural do Jabaquara retoma atividades e atrai grande público

0
12

Depois da tempestade, vem a bonança, já dizia o velho ditado. E essa frase pode soar como uma luva para a 9ª edição da Feira Cultural do Jabaquara. Após um ano em que a festa não foi realizada, por conta da epidemia do corona vírus, o evento voltou com força total e agradou demasiadamente o público presente na tarde do último domingo (21). 

A festa atraiu gente de todas as idades, de todas as gerações. As crianças brincavam e se divertiam como nunca nos brinquedos instalados logo na entrada do evento. Mais adiante, os visitantes encontravam diversas barracas com comidas típicas de todas as regiões do Brasil, além de produtos de artesanato de alta qualidade.

Quem quisesse se arriscar na dança, também tinha o seu espaço garantido. O palco montado em uma das entradas do evento contou com a participação e o talento de diversos artistas da música brasileira. Uma das atrações que mais animou o público presente foi a cantora sertaneja Paloma Araújo, que recordou grandes clássicos da nossa música popular e levou a plateia ao delírio. 

Depois, o samba tomou conta do palco e manteve a animação do público. A festa foi encerrada com o show do cantor Márcio Art. O sambista, que possui uma longa trajetória musical, desde sua participação como músico do grupo Art Popular, até os tempos mais atuais, no qual mantém uma vitoriosa carreira solo, deixou os visitantes da festa eufóricos, entoando grandes hits do samba das antigas e das atuais gerações. 

“A oitava edição da Feira Cultural aconteceu no formato online, no ano passado. Agora, a retomada, de início, nos deixou apreensivos, porque ainda não tínhamos a segurança de que haveria a liberação. Começamos a nos organizar há quatro meses, e no último mês é que iniciamos de fato a divulgação. É uma festa de família, na qual os moradores da Vila Guarani se encontram e batem papo, curtem um som. E hoje, nos sentimos realizados, após um ano distantes, em termos a casa cheia”, conta Edson Bueno, organizador da festa.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.