Sou professor!

0
7

Por: Carlos Dorlass

Educação sempre me chamou a atenção, sempre falou ao meu coração. E a aprendizagem é uma companheira há quase meio século.

Este artigo é uma homenagem aos corajosos professores que atuam em prol da humanidade: tanto àqueles que ministram aulas em “superescolas” quanto os que trabalham nas instituições em que faltam recursos.

Neste texto está o segredo da transformação de uma sociedade; obtido de colegas que conheci, de artigos e livros que li. O primeiro é ter Deus dentro do coração.

Desde o primeiro dia em uma sala de aula, até hoje, conheci inúmeros professores, contudo, à medida que participava do cotidiano deles, conheci novos projetos, lia mais livros e descobria experiências, com excelentes resultados. Em todos os momentos, senti que professores diferentes, construíam vidas diferentes.

É cedo e o sol ainda não nasceu. Os motoristas zangados e presos no congestionamento da manhã. Entre eles, crianças com suas mochilas nas costas, driblam carros e fumaça. Outras caminham por meio de estradas de terra batida e driblam a poeira e riachos. Todos riem, alheios a tudo que acontece ao seu redor, cada qual com sua realidade, seguem felizes para a escola, pois ali sabem que encontrarão o professor ou professora, que os auxiliará a ampliar seus horizontes e transformar as suas vidas.

Meu amigo professor: tenho certeza de que você se lembra de como era sua escola (quando ainda era um aluno). Se você parar para pensar um instante, poderá relembrar professores, provas, emoções, projetos, amigos…

Nela, aprendemos a viver e descobrimos o mundo, mas também transformamos e narramos nossa caminhada. Tanto para o bem como para o mal, a escola é uma instituição que não deixa ninguém indiferente. Por isso, as crianças amam ou odeiam. Não existe meio termo.

Lembro que a minha maior tristeza na escola foi também o meu melhor remédio. E este foi administrado por um professor, que me acolheu, escutou e me conduziu para a profissão que exerço hoje e que busco diariamente ser melhor e estar sempre 100% voltado no desenvolver do talento de cada criança.

Tenho certeza que todos os professores participam dos avanços pedagógicos, descobrem novas formas de ensinar, mudam, crescem, desenvolvem-se e se transformam. Os alunos do presente aprendem conosco e herdam os grandes problemas deixados pelas gerações do passado. Minha maior esperança é a de termos a habilidade de formar alunos capazes de agir e abraçar um novo nível da existência humana.

A todos os professores, especialmente aos que tive e tenho oportunidade de conviver, meu profundo agradecimento. Sem vocês, este artigo ficaria incompleto.

Gratidão.

* Carlos Dorlass é diretor geral do Colégio Marista Arquidiocesano, localizado em São Paulo (SP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.