Rotary Clube Ponte Estaiada realiza mais uma campanha contra a fome

0
19

O Rotary Club de São Paulo Ponte Estaiada sempre seguiu os objetivos do que venha ser um clube Rotário. Com 13 anos de fundação o clube conta com 35 companheiros que tem o mesmo proposito “estimular e fomentar o ideal de servir como base de todo empreendimento digno”.

Desde o início da pandemia da Covid-19 os companheiros do Rotary Ponte Estaiada se preocuparam em ajudar os menos favorecidos. Já foram entregues mais de 375 cestas durante a gestão do presidente Moacir Moraes Reis 2020/2021 “o Rotário gera oportunidades”.

Entre os dias 16 e 19 de abril foram entregues 175 cestas a entidades que tem o contato direto dos que passam por diversas dificuldades entre elas a fome.  “Nossa missão é servir para diminuir as diferenças sociais entre as pessoas” cocluiu o diretor tesoureiro Marcio José Garcia Alves.

O que é Rotary?

Rotary é uma organização internacional de profissionais e pessoas de negócios, líderes em suas áreas de atuação, que prestam serviços humanitários, fomentam elevado padrão de ética em todas as profissões e ajudam a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo. Cerca de 1,2 milhão de rotarianos pertencem a mais de 32.000 Rotary Clubs em mais de 200 países e territórios. Rotary é entidade humanitária apolítica e sem vínculos religiosos, fundada em 1905. 

 O que faz um Rotary Club?

Com o lema “Dar de Si Antes de Pensar em Si” reflete o principal objetivo do Rotary na comunidade, no local de trabalho e no mundo. Rotarianos desenvolvem projetos comunitários de prestação de serviços com o intuito de aliviar as carências mais graves. Além disso, apóiam a profissionalização; programas para jovens; oportunidades educacionais e intercâmbios no exterior para estudantes, professores e outros profissionais. Algumas das áreas de atuação do Rotary são:

Erradicação da pólio: Em 1985, rotarianos resolveram lutar por um mundo livre da pólio. A campanha pela erradicação dessa doença tornou-se, em um prazo de 20 anos, o maior apoio do setor privado a uma iniciativa global de saúde. Educação internacional: Rotary é a maior fonte de recursos privados a patrocinar bolsas de estudos. A cada ano, cerca de 1.000 universitários recebem bolsas para estudar no exterior. Rotary Clubs promovem também programas de intercâmbio voltados a alunos do segundo grau, enviando ao exterior cerca de 8.000 estudantes por períodos de três meses a um ano. Paz: Com o objetivo de educar futuros embaixadores e emissários da paz, foram recentemente criados os Centros Rotary de Estudos Internacionais na área de paz e resolução de conflitos em sete universidades de renome. O programa proporciona educação em nível de mestrado na área de resolução de conflitos a setenta bolsistas por ano. Alfabetização: Rotary Clubs estão engajados internacionalmente na luta contra o analfabetismo. Destaca-se, como exemplo, um projeto na Tailândia que reduziu consideravelmente o nível de reprovação escolar e foi adotado nacionalmente pelo governo do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.