Os chamados ‘assaltos delivers’ crescem na região e deixa moradores amedrontados

0
23

O Conselho Comunitário de Segurança do Jardim Miriam realizou na última segunda-feira (02), a assembleia ordinária do mês de maio e contou com a presença de representantes das Polícias Civil e Militar, Subprefeitura Cidade Ademar, CET, Sabesp, assessores parlamentares, ex-presidentes do conselho, além da sociedade civil que lotou o espaço reservado para os encontros do Conselho Comunitário de Segurança na sede do 98° Distrito Policial na Avenida Ângelo Cristianini.

Fiscalização por parte da CET em carros abandonados e caminhões dos feirantes do Jardim Miriam estacionados em frente às garagens impedindo os moradores de entrar e sair com seus automóveis, tapa buraco, varrição que há seis meses não acontece em algumas ruas da Vila Missionária, zeladoria, mais policiamento, pois o número de roubos a cada dia está aumentando, principalmente os chamados “roubos deliverys”, que são alguns motoqueiros que se disfarçam de entregadores por aplicativo para praticar furtos/roubos, dentre outras infinidades de reivindicações em prol de melhoria para o bairro.

De acordo com uma moradora, a liberdade de conversar tranquilamente com vizinhos está acabando a cada dia, pois “somos praticamente impedidos de sair de casa, devido ao aumento de roubos. Perdemos o prazer de conversar com nossos vizinhos, ouvir músicas decentes, escutar rádio, essa liberdade que perdemos. Atualmente, ‘ouvimos’, quer dizer, somos ‘obrigados’ aquilo que não nos convém” disse a moradora.

Já segundo outro munícipe, “em vários lugares, eu tenho observado que algumas lombadas estão sendo retiradas e gostaria de uma resposta a respeito disso. Porque retiram as lombadas e não as recolocam, deixando assim os moradores mais vulneráveis a acidentes”, avaliou.

Nos últimos dias, assaltantes estão se passando por entregadores de aplicativo para cometer crimes. Recentemente, vimos no Jabaquara, o caso do jovem Renan Silva Loureiro, 20 anos, que tinha acabado de sair do metrô Conceição e seguia com sua namorada para casa, quando foi abordado por um motoqueiro com mochila de aplicativo de entrega de comida. O crime ocorreu no dia 25/04.

O assaltante desce da motocicleta e anuncia o assalto, após pegar os celulares, Renan reage e corre em direção ao motoqueiro. De acordo com a Polícia Civil, cinco tiros foram disparados em direção do jovem, um deles atingiu a cabeça de Renan, que não resistiu e faleceu no local.

Alguns dias depois, com trabalho incessante da polícia civil em conjunto com agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), identificaram o suspeito do crime. Após quatro dias da execução do crime, Acxel Gabriel de Holanda Peres, se entrega, depois de longa negociação com a polícia.

Ou seja, os munícipes se sentem vulneráveis a esses tipos de crimes, por isso buscam incessantemente, seja nas reuniões dos Conselhos Comunitários de Segurança ou em qualquer outro lugar soluções para tal ato, pois meliantes vivem livremente e a população presa dentro de casa, com medo de sair e ser apenas mais uma vítima que entrará para as estatísticas.

O Conseg do Jardim Miriam também lançou o Programa Sucata Solidária, com a finalidade de  recolher seu lixo eletrônico, seja ele televisores, geladeiras, fogões, computadores, telefones, dentre outros. O dinheiro arrecadado com a sucata será revertido em ações em prol dos moradores da região, sua ajuda é fundamental. Seja solidário e ajude o seu próximo.

Na terça feira (03/05) o Coronel Ronaldo Miguel Vieira, ao assumir o Comando-geral da Policia Militar de São Paulo lembrou do caso do Renan Silva Loureiro, no Jabaquara e declarou que serão feitas abordagens em todos os motoqueiros como resposta a onde de assaltos cometidos por criminosos disfarçados de entregadores de aplicativo. O governador Rodrigo Garcia pela manhã da terça feira, divulgou em seu Twitter um encontro entre as empresas de delivery para criar protocolos de segurança para evitar que falsos entregadores espalhem terror em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.