Livro infantil “O Melhor Abraço do Mundo” mostra como o ato de abraçar pode transformar o mundo em um lugar melhor

0
12

O distanciamento social necessário para conter o avanço do novo coronavírus este ano fez com que o brasileiro tivesse de interromper um hábito muito comum por aqui: dar abraços. Coincidentemente, um livro lançado em janeiro traz como tema justamente essa calorosa demonstração de afeto.

Como personagens principais, a brasileira Luluzinha e o português Jorge. Os dois se conhecem na escola em que frequentam em Portugal. Ela negra, ele branco, convivem também com crianças de diferentes etnias e histórias de vida, com deficiência ou não.

 O objetivo da escritora Luciene Balbino é mostrar como somos todos um único povo, formado por nossas diferenças e singularidades. Sem falar diretamente sobre preconceitos, ela mostra como o mundo seria melhor se as pessoas abraçassem mais a realidade do outro e respeitassem as diferentes vivências. 

O personagem Jorge sabe como um abraço é importante e, como não pode mudar o mundo de uma única vez, ele propõe uma campanha para que ele e seus colegas de classe se abracem mais. O que ele e Luluzinha gostariam mesmo é de mudar o nome do mundo para “Abraço”, mas como isso é impossível, o nome da sala de aula passou a ser esse.

Saudade e o uso da internet

Em determinado momento do livro, os amigos têm de se separar, e Luciene aproveita para trabalhar o tema do uso da internet nos dias de hoje.

“Estamos em um mundo em que estamos cada vez menos humanos, sempre atrás de um computador, de um celular. Mas quando temos de dizer adeus a alguém que a gente gosta, que vai morar em outro país, a internet nos ajuda a diminuir distâncias.” Novamente, as coincidências em relação à realidade do ano de 2020. Apesar da série de problemas que o uso exagerado das redes sociais e da própria internet podem proporcionar, é através de chamadas de vídeos que muitos netos podem conversar com segurança com seus avós durante a pandemia, por exemplo. Difícil encontrar alguém que não usou essa ferramenta nos últimos meses.  

 Sobre a autora

Nasceu em São Paulo, capital, mas atualmente vive em Portugal. Luciene é jornalista, escritora, poeta, dramaturga e conferencista. Trabalhou nas principais TVs do Brasil como repórter, apresentadora, roteirista, pauteira e produtora. Foi repórter exclusiva do saudoso Goulart de Andrade e teve um programa na TV Band, A Dona da Noite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.