Instituto Sou da Paz lança plataforma inédita para acesso a índices criminais de São Paulo

0
56

O Instituto Sou da Paz, que desde 2012 se propõe a facilitar o acesso e compreensão dos índices criminais do estado de São Paulo por meio do boletim periódico “Sou da Paz Analisa”, acaba de lançar a nova plataforma Sou da Paz Analisa – Dados online (dadosonline.soudapaz.org/), desenvolvida para viabilizar o acesso de jornalistas, pesquisadores e sociedade civil como um todo aos números da violência de todo o estado de São Paulo.

Por meio de uma interface amigável e que não demanda conhecimento técnico para navegação, o portal permite que os usuários acessem mapas temáticos e gráficos cruzando diferentes crimes ou regiões e se informem, de maneira intuitiva e simples, sobre os índices de homicídios, roubos e outros crimes violentos em suas cidades e regiões. É possível acessar também dados de letalidade e mortalidade policial do estado, publicados mensalmente pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP) e pelas Corregedorias das Polícias Civil e Militar do Estado, permitindo acesso em um único ambiente a informações que são disponibilizadas em diferentes sites oficiais.

Para Leonardo de Carvalho, coordenador de projetos do Instituto Sou da Paz, é importante desmistificar as estatísticas criminais e torná-las acessíveis para a população. “Recebemos muitos pedidos de ajuda sobre os dados criminais de São Paulo. A maior parte destes dados estão disponíveis no site da SSP, mas as pessoas não conseguem encontrá-los. Para resolver esse problema, desenvolvemos uma plataforma que entrega esses dados, de forma intuitiva, junto às análises desenvolvidas pelo Sou da Paz”, diz.

O diferencial da plataforma é a possibilidade de visualizar os dados em mapas, gráficos e análises temáticas, elaboradas pelos pesquisadores do Instituto Sou da Paz, a partir do cruzamento dos registros criminais e a incidência destes em diferentes regiões do estado. Dessa forma, pessoas que não acompanham regularmente as estatísticas criminais, terão menos dificuldades em se informar sobre os índices em seus municípios.

Entre suas funcionalidades, é possível também que, com uma busca por nome da rua, o usuário saiba qual é a delegacia mais próxima e que também consulte estatísticas de ocorrências registradas no Distrito Policial de sua região.

“Para o Sou da Paz, a transparência das estatísticas de segurança pública sobre violência e criminalidade são fundamentais para o fortalecimento da democracia e para a construção de políticas de prevenção da violência”, comenta Carolina Ricardo, diretora-executiva do Instituto Sou da Paz. “Os dados precisam ser utilizados pela sociedade e para isso é necessário criar plataformas amigáveis para que a população possa acompanhar as estatísticas criminais sem a necessidade de conhecimento técnico. Esta é a importância da plataforma”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.