Inaugurados os reservatórios do conjunto de intervenções do Córrego Ipiranga

0
32

Os projetos para a segunda etapa de Recuperação do Córrego Ipiranga estão em fase de desenvolvimento. A previsão é que sejam finalizados em junho deste ano


O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, inaugurou no dia 24/02, dois reservatórios que fazem parte do conjunto de intervenções no Córrego Ipiranga, para evitar as enchentes ao longo da Av Dr. Ricardo Jafet e no curso do córrego. O presidente da República Jair Bolsonaro também participou do evento, já que as obras receberam um investimento de R$ 138,1 milhões, sendo R$ 115,5 milhões em recursos federais e R$ 22,6 milhões, da Prefeitura de São Paulo.
 

Segundo o prefeito, obras que nem sempre são possíveis da população ver e tão ou mais importantes do que aquelas que dão visibilidade à Administração.


“É empolgante entregar obras como essas, que diminuem os alagamentos e enchentes na cidade, melhorando a qualidade de vida da população”, explicou Nunes.


Para o prefeito, a parceria com o Governo Federal em obras de piscinões já ocorreu em outros locais como nos reservatórios Paciência e Taboão, entre outros. Mais de 700 mil pessoas serão beneficiadas com os reservatórios entregues na Água Funda.


Para o presidente da República, esses reservatórios entregues são importantes tanto no lado histórico como no dia a dia da população.


“Essas obras ajudam de forma preventiva e, junto com outras feitas pela Prefeitura, evitam catástrofes como a que ocorreu em Petrópolis. O Governo Federal irá apoiar todas as ações que atendam aos interesses da população”, disse Bolsonaro.


Obras


As intervenções foram iniciadas em agosto de 2017 e concluídas em janeiro deste ano pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb). Os trabalhos receberam um investimento de R$ 138,1 milhões, sendo R$ 115,5 milhões em recursos federais e R$ 22,6 milhões da Administração Municipal.

Três novos reservatórios foram construídos. Os dois piscinões Deputado Jooji Hato (Lei Nº 17.303 de 24 de janeiro de 2020), localizados no entorno do Viaduto Aliomar Baleeiro, entraram em operação em dezembro de 2019 e, juntos, podem armazenar até 200 mil m³ de água, o equivalente a 80 piscinas olímpicas. Já o piscinão Lagoa Aliperti, localizado na Rua José Bento Ferreira, entrou em operação em dezembro de 2020. Ele pode armazenar até 110 mil m³ de água, o equivalente a 44 piscinas olímpicas.


Além dos piscinões, a SIURB executou também a implantação de 291 metros de novas galerias do Córrego Cacareco (finalizadas em janeiro de 2021); 135 metros do canal de ligação dos reservatórios Deputado Jooji Hato com o Córrego Ipiranga (finalizado em janeiro de 2021); e 575 metros de um novo canal extravasor para o Córrego Ipiranga (finalizado em janeiro de 2022). Ao todo, as intervenções no sistema de drenagem geraram 224 empregos.


Segunda etapa


Os projetos para a segunda etapa de Recuperação do Córrego Ipiranga estão em fase de desenvolvimento. A previsão é que sejam finalizados em junho deste ano. A iniciativa prevê a recuperação do canal do córrego, entre a avenida Bosque da Saúde, Rua Marcelino Champagnat até o Rio Tamanduateí, além da regularização, melhoria no sistema viário e a requalificação paisagística.


Para a readequação do canal do Córrego Ipiranga, na avenida Professor Abraão de Morais, entre as avenidas Fagundes Filho e Bosque da Saúde, os projetos já estão prontos. A previsão é que as obras, em ambos os trechos, sejam iniciadas ainda neste ano.

Fotos: Adalberto Marques/MDR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.