A UBS Vila Guarani foi contemplada com recursos do BID

0
111

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) anunciou, no dia 8 julho, mais 35 obras de unidades de saúde que serão executadas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A iniciativa faz parte do programa Avança Saúde SP, que tem como objetivo ampliar e aprimorar a infraestrutura da rede municipal de saúde da capital.

Com custo previsto de R$ 88,9 milhões, serão contempladas as construções dos seguintes equipamentos: Unidade Básica de Saúde (UBS) Cosmopolita, UBS Keralux, UBS Atualpa, UBS Conquista II, UBS Guarani/Vargas, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Carrão e UPA Rio Pequeno. Também serão contratadas as reformas das UPAs Vila Maria Baixa e Jardim Helena.

Entre UBSs e UPAs, serão 24 novas unidades construídas e outras 11 reformadas, investimento total estimado em R$ 338 milhões. O anúncio foi feito pelo prefeito Ricardo Nunes e pelo secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, nas futuras instalações da UBS Guarani/Vargas, no Jabaquara.

O prefeito relembrou a parceria firmada com o BID, em 19 de junho de 2019, quando o prefeito Bruno Covas e o secretário Edson Aparecido estiveram em Washington (EUA) com o propósito de fortalecer e melhorar a qualidade dos serviços municipais no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), projeto parcialmente financiado pelo BID com investimentos da ordem de US$ 100 milhões.

Para o secretário Edson Aparecido, o investimento contribuirá na modernização dos serviços da rede de atenção básica na cidade de São Paulo. A SMS já entregou 33 obras e outras 64 estão em andamento com recursos do BID.

“Essas obras são discutidas juntamente com a população local, com os conselhos gestores e os movimentos sociais para humanizar cada vez mais o atendimento com oferta de mais equipamentos e serviços aos usuários do sistema de saúde do município de São Paulo”, ressaltou. O secretário ainda pontuou que há mais de 30 anos os equipamentos de saúde não passavam por reformas semelhantes.

“Sem dúvida, o programa Avança Saúde deu um salto de assistência à saúde pública da capital, seja em obras, modernização tecnológica, além da entrega de importantes hospitais, como os de Parelheiros e Brasilândia, o maior hospital para o tratamento de Covid-19 em São Paulo.”

Em resposta aos gestores de saúde da unidade de Americanópolis o secretario Edson Aparecido informou “nos atrasamos a obra do Americanopolis inclusive lá traz por conta de muita mudança que um dos membros do conselheiro gestor fizeram na obra, agora inclusive pararam a obra porque queriam fazer mudança, mas as obras foram retomadas e vamos entrega lá o mais rapidamente possível, estou mandando inclusive uma equipe técnica para fazer o acompanhamento, estamos fazendo 96 obras na cidade inteira não é possível que só da problema no Americanopolis. Esta dando problema porque tem gente que atrapalha, mas a nossa ideia é entregar o mais rápido possível porque essa unidade é muito importante”, definiu o secretario.

O vereador Arnaldo Fara de Sá falou que desde sua posse como subprefeito do Jabaquara, em fevereiro de 2019, já vinha cobrando o prefeito (Bruno Covas) para a obra da UBS Vila Guarani. “Hoje o prefeito Ricardo Nunes esteve aqui ao lado do Secretario de Saúde Edson Aparecido, agora nos vamos iniciar a obra da UBS Vila Guarani/Cidade Vargas, essa é uma grande região que precisa da nossa atenção, estive também recentemente com o prefeito no Hospital Santa Catarina que agora atende também a questão robótica de oncologia extremamente importante, tenho certeza que a nossa região ainda precisa de mais, mas ainda vamos conseguir, passa a passo uma grande conquista”, Concluiu o vereador Faria de Sá parabenizando a comunidade da Vila Guarani.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.