13/11/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

13/11/2018



Fábrica de Cultura promove Encontro Estéticas das Periferias

Publicado em 31/08/2018

Que tal ter uma tarde de sábado cheia de música, dança, teatro, literatura e circo? A Fábrica de Cultura Capão Redondo – que é gerenciada pela Poiesis – realiza no dia 2 de setembro, junto c

 

 

Que tal ter uma tarde de sábado cheia de música, dança, teatro, literatura e circo? A Fábrica de Cultura Capão Redondo – que é gerenciada pela Poiesis – realiza no dia 2 de setembro, junto com o Cantinho Integrado de Todas as Artes (CITA), o Encontro Estéticas das Periferias edição 2018. As atividades acontecem das 14h às 19h, em um caminhão-palco localizado na Avenida Carlos Caldeira Filho. Toda programação é gratuita e aberta ao público; basta chegar e participar!

 

Abrindo as atividades, às 14h, acontecerá a atividade As desaventuras de uma sopa Zé Lequinesca, uma contação de história inspirada no livro Sopa de pedra, de Pedro Malasartes. Zé Lequino, um jovem muito astuto, entra numa aposta com seus amigos, e daí em diante muitas aventuras os esperam. O Bando Trapos narrará a história com ajuda de músicas e máscaras, não perca! Logo após, será a vez da Discotecagem do DJ PorcS, com o Coletivo Eu Soul Samba Rock, que fará uma seleção de clássicos da cultura negra. Às 15h, começa o Sarau do Capão, que reunirá poesia, dança e música, para debater questões de gênero, raça e classe. Os encontros, que nasceram em janeiro de 2017, acontecem mensalmente e são voltados para a periferia.

 

Após a segunda rodada da Discotecagem do DJ PorcS, será a vez da Troupe dos Clowns Anônimos, iniciativa da Cia de Artes Decálogo – JALC, apresentar seu número A mosca anônima, às 17h. Os palhaços Pi, Pamasoc e Julião entram num ônibus lotado e algo absurdo acontece: uma mosca começa a voar em cima deles e dos demais passageiros, causando uma imensa confusão. Quem vencerá esta saga? A mosca ou o atrapalhado trio? Logo após, às 17h30, começará o Bailinho Nostalgia, também com o Coletivo Eu Soul Samba Rock. A proposta é unir um público de diferentes gerações, para relembrar os grandes bailes black presentes nas periferias de São Paulo, desde a década de 1960.

 

Exibições de filmes gratuitas

 

Durante o mês de setembro, as unidades da Fabrica de Cultura Capão Redondo e Jardim São Luís realizam dez sessões de cinema gratuitas para curtir com a família e amigos. Veja os principais destaques:

 

As obras apresentadas na mostra Ecofalante são consideradas referência no audiovisual sul-americano dedicados a temas socioambientais. Na Sessão Ecofalante de Cinema Ambiental, os participantes podem ver trabalhos baseados em seis temas: campo, cidades, consumo, povos&lugares, preservação e trabalho. As exibições acontecem entre 13 e 28 de setembro.

 

O Cine D’quebra oferece ao público uma sessão com filmes que retratam o dia a dia nas periferias, com títulos gravados e produzidos na quebrada.

 

Gosta de animações? Participe do Cinema na Fábrica. Na exibição o público encontra filmes de animações que trazem lições e reflexões para as crianças, jovens e adultos.


Sabia que a tradição de comer pipoca em sessões de cinema teve início nos anos 1930? Venha ao Cine pipoca, pegue a sua antes da sessão começar e assista ao filme selecionado do mês. 

 Cine D'quebra

11/9. Terça-feira 14h30 às 16h30 | Capão Redondo

Recomendação: maiores de 12 anos.

 Cinema na Fábrica

12/9. Quarta-feira, 14h30 às 16h30 | Capão Redondo

Recomendação: livre.

Cine pipoca

14/9. Sexta-feira, 14h30 às 16h30 | Capão Redondo

Recomendação: livre.

Sessão Ecofalante de Cinema Ambiental

13/9. Quinta-feira 14h30 às 16h30 | Capão Redondo

25/9. Terça-feira, 15h às 16h | Jardim São Luís

Recomendação: livre.

Fábrica de Cultura Capão Redondo | Rua Bacia de São Francisco, s/n

Fábrica de Cultura Jardim São Luís | Rua Antônio Ramos Rosa, 651

 

 

 

FECHAR

 
Publicidade