25/09/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

25/09/2018



CPM de Cidade Ademar/Pedreira questiona Subprefeitura pela redução e demora na limpeza dos bairros da região

Publicado em 05/09/2018

O Conselho Participativo Municipal de Cidade Ademar e Pedreira (CPM) apresentou como pauta no sábado (25/08), em sua reunião ordinária, a Zeladoria Urbana na região.

 

 

O Conselho Participativo Municipal de Cidade Ademar e Pedreira (CPM) apresentou como pauta no sábado (25/08), em sua reunião ordinária, a Zeladoria Urbana na região. O assunto já havia sido debate em abril desse ano. Foi feito o convite ao Prefeito Regional de Cidade Ademar, Júlio Carrero e ao Secretário das Subprefeituras, Marcos Penido, os quais, alegando compromissos, não compareceram ao encontro. São muitas reclamações de moradores relatando o grande volume de descarte irregular de lixo comum, de construção civil e mobílias em vários pontos da região, como Vila Clara, Santo Afonso, extensões da Av. Cupecê, Av. Ângelo Cristianini e Jardim Apurá.  No geral reclamam também da demora na realização de serviços, que além de deixar os bairros mais feios e sujos aumenta o risco de doenças resultantes desse lixo. Há relatos do surgimento de muitos ratos, mosca e até escorpiões. A população também tem se queixado da morosidade no corte de mato, principalmente em praças e margens de córregos (por exemplo, o do Cordeiro) e da poluição excessiva no córrego da região de Sete Campos. Na reunião, foi mostrado fotos e vídeos da sujeira de algumas regiões. Munícipes presentes fizeram seus relatos. O interlocutor da Subprefeitura Luiz Jerônimo, informou que os serviços de limpeza são realizados, mas os próprios moradores sujam tempos depois. O grupo do Conselho questionou qual o plano de zeladoria para região, questionou ainda, a ausência de educação ambiental por parte da empresa contratada da prefeitura (SOMA) para orientar e fiscalizar melhor esses pontos viciados.  Foi deliberado nesse encontro uma reunião com o secretário das Subprefeituras e o Subprefeito, para que possam explicar melhor porque esses serviços estão sendo reduzidos e demorados e quais soluções têm para apresentarem. Um chamado para resolver um desses problemas, dura em média 60 dias, às vezes vários meses. O Conselho Participativo Municipal é um órgão reconhecido pelo poder público, formado por moradores da região, eleitos para um trabalho voluntário. Sua principal função é o auxílio do controle social no planejamento, fiscalização e utilização dos recursos, apresentação dos problemas que estão ocorrendo nos bairros para a Subprefeitura e propor soluções.  As reuniões do CPM são realizadas na Subprefeitura de Cidade Ademar, todo último sábado de cada mês, das 9h às 11h, abertas a todos que queiram participar. Contato: waldirpereira@creci.org.br (coordenador); natarps@outlook.com     (secretária).

 

FECHAR

 
Publicidade