18/09/2019

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

18/09/2019



A Praça que virou bar

Publicado em 05/09/2019

Na noite fria da segunda (02/09), a população lotou o salão de reunião do 98° Distrito Policial no Jardim Miriam

 

Na noite fria da segunda (02/09), a população lotou o salão de reunião do 98° Distrito Policial no Jardim Miriam. Moradores foram em busca de melhorias para o bairro, levando suas reivindicações, pois as reuniões do Conselho Comunitário de Segurança reúnem diversas autoridades como: Delegado Titular do 98° D.P., Comandante da Polícia Militar, Inspetor da Guarda Civil Metropolitana, Subprefeitura Cidade Ademar, CET, Sabesp, o Presidente do Conseg da Cidade Ademar Paulo Roberto dos Santos entre outros representantes de conselhos e assessores políticos.

Limpeza de vias e praças, iluminação, policiamento nas ruas, barulhos de motos a noite toda, carros estacionados nas calçadas, grande fluxo de ônibus, praça que virou um bar, faixa de pedestre, descarte irregular de restos de materiais de construção e outros. A assembleia foi marcada por poucas reivindicações, mas com grande número de elogios e agradecimentos às autoridades ali presentes.

"Estou aqui para agradecer, estamos com muitas demandas no Sete Praias em andamento, pois nós moradores estamos unidos em busca de melhorias e segurança para nossa região" relata um morador agradecido pelo trabalho prestado pelos órgãos públicos.

Já outro morador em relação a praça que está sendo transformada em bar disse que "não é porque é um espaço público que temos que fazer o que bem entendemos, dessa forma infelizmente a prefeitura terá que criar leis para tudo" e deixou uma pergunta "tudo agora se resolve na base de leis?" indagou.

Por outro lado dos agradecimentos, uma moradora da Rua Andréia Calvo relatou que nesta rua acontece diversos assaltos em vários horários, principalmente entre 06h e 07 horas, "temos câmeras de segurança na rua, mas os assaltantes cobriram a placa da moto, devido a isto não registramos o boletim de ocorrência" diz.

O Capitão da Polícia Militar Ediney Marcolino disse que é "uma satisfação em comparecer nas reuniões do Conseg e depararmos com a quantidade de pessoas, elogios e agradecimentos. Lembrando que eu não trabalho sozinho, tem policiais competentes e principalmente vocês (moradores). Sempre cobro aqui o quão importante é o registro do Boletim de Ocorrência. Em relação aos assaltos na Rua Andréia Calvo, independente se via a numeração da placa ou não o registro do B.O é importante, pois as vítimas irão identificar as características dos indivíduos, se estavam em moto, carro, enfim tem que fazer o boletim, avalia o capitão.

A próxima reunião está marcada para o dia 02 de outubro, ás 19h30, na sala de reuniões do 98° Distrito Policial – Av. Ângelo Cristianini, 467, e a diretoria do Conselho Comunitário de Segurança contam com sua participação.

 

FECHAR

 
Publicidade