13/11/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

13/11/2018



Prorrogada 2ª fase da campanha de vacinação contra febre amarela

Publicado em 06/03/2018

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo decidiu prorrogar a segunda fase da campanha de vacinação contra a febre amarela no município.

 

 

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo decidiu prorrogar a segunda fase da campanha de vacinação contra a febre amarela no município. Antes prevista para se encerrar no dia 02, a ação se estenderá, até o próximo dia 16/03. O objetivo com o novo prazo para os moradores dos distritos que integram esta etapa é o de ampliar a cobertura vacinal nestas áreas, consideradas prioritárias. Com meta inicial de imunizar 3,9 milhões de moradores nesta fase, a campanha chegou a 2.138.663 doses aplicadas até o dia 2, o que representa pouco mais de 53% do público-alvo.

 

A SMS lembra que os distritos que estão recebendo a campanha contra a febre amarela são definidos de acordo com a proximidade com áreas de risco de contato com o vírus da febre amarela, como os corredores ecológicos. Dessa forma, é fundamental que os moradores das áreas participantes busquem as unidades de saúde que ofertam a vacina. A lista dos postos de vacinação pode ser encontrada neste link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/doencas_e_agravos/index.php?p=248543

 

O atendimento é feito mediante apresentação de senha, entregue em casa aos munícipes atendidos pelas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) ou então retirada na recepção das unidades para os pacientes que não são atendidos dentro do programa ESF, ou então que, porventura, não tenham recebido a senha em sua residência.

 

Para saber qual a unidade básica de saúde de referência de seu endereço, basta consultar o Busca Saúde (http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/). Cabe lembrar que a distribuição diária de senhas leva em conta a capacidade operacional de cada unidade.

 

Além da prorrogação da segunda fase, a pasta segue atendendo à demanda residual da zona Norte, primeira região a receber a vacina contra febre amarela, em setembro de 2017. Em pouco mais de quatro meses, 1.910.695 de moradores foram imunizados nestes locais.

 

É importante ressaltar que a ação preventiva em São Paulo tem acontecido por fases, sempre priorizando as áreas de maior risco de contato com a doença. Novos distritos da capital serão inseridos nas próximas etapas da campanha de forma a ofertar a imunização a toda população ainda neste semestre.  

 

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade