17/12/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

17/12/2018



Exposição apresenta obras elaboradas por usuários do CAPS Infantojuvenil Parelheiros

Publicado em 17/05/2018

Evento na sede da Associação Saúde da Família (ASF) em Capela do Socorro marca Dia Nacional da Luta Antimanicomial, celebrado em 18 de maio

 

Evento na sede da Associação Saúde da Família (ASF) em Capela do Socorro marca Dia Nacional da Luta Antimanicomial, celebrado em 18 de maio

No mês que é celebrado o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, em todo 18 de maio, mais uma importante iniciativa foi concretizada na área de saúde mental da rede sul: no dia 08/05, ocorreu a vernissage de inauguração da exposição Aquarelar – Obras de um Criançar Artístico, organizada pelo CAPS Infantojuvenil Parelheiros, em parceria com a Associação Saúde da Família (ASF). Com obras das crianças e jovens usuários atendidos pelo CAPS, a exposição gratuita estará em exibição na sede da ASF Sul até 8 de junho ( Avenida Pascoal da Rocha Falcão, 313 - Jardim Santa Helena).

 

.

Produzidas no cotidiano do CAPS, em meio a convivências, ateliês, grupos, oficinas e atendimentos, as obras revelam o processo artístico, criativo e transformador pelo qual esses jovens passaram. Ana Júlia Silva Almeida, de 15 anos, por exemplo, faz parte do projeto há apenas três semanas e foi uma das jovens que teve o prazer de ver seus quadros expostos. Para ela, que pretende seguir a carreira de pintora, tal experiência vem sendo incrível: “Me sinto orgulhosa em ver as pessoas elogiando e tirando fotos dos quadros que eu pintei”, enfatizou. Já a mãe dela, Fabrícia Silva (38), pôde perceber o quanto a iniciativa do projeto vem ajudando no tratamento da filha. As obras de Ana Júlia e dos colegas, além de terem sido expostas nas paredes, foram usadas para estampar as camisetas de todos os colaboradores do projeto, representando a extensão dos muros do local da exposição.

A curadoria da exposição é de Camila Latenkek, Valter Nu e Renan Duarte e, dentre os visitantes da exposição, a presença de um grupo do Centro de Convivência Cooperativa (CECCO) Santo Amaro que, posteriormente, realizou a apresentação de uma canção chamada “Adão”.

Homenageada

A escolhida para ser homenageada foi Maria Cristina Vicentin, psicóloga e professora universitária que atua no âmbito da reforma em saúde mental e com importante atuação voltada à defesa dos Direitos da Infância e Adolescência. 
Além de já ter trabalhado no serviço de saúde mental, em 2012 a profissional escreveu um texto intitulado Criançar, e é tida como referência aos trabalhadores da área.

A psicóloga cumprimentou os artistas e elogiou as obras: “Fiquei impressionada com toda a força que elas possuem”.

Trajetória

A ideia da exposição surgiu em 2015, quando quadros e obras produzidas pelos usuários ganharam um ateliê móvel para exposição na Funart em comemoração ao aniversário de cinco anos do CAPS. Dois anos depois, em 2017, houve a sugestão do coordenador local da ASF, Paulo Capucci, para que as produções artísticas fossem expostas na sede da própria ASF.

Segundo a coordenadora do CAPS, Cristiane Stoever Dacal, o processo para que a sugestão se concretizasse se “iniciou no final do mês de dezembro do mesmo ano para que, assim, pudesse ter o resultado em maio de 2018”.

Dessa forma, tudo foi planejado para que se assemelhasse com a estrutura de uma exposição de arte, pensando desde o catálogo com as obras em acervo até a curadoria. Todos os funcionários e colaboradores (auxiliares de enfermagem, serviços gerais entre outros) contribuíram de alguma forma para a obtenção do resultado, inclusive o trabalho do terapeuta ocupacional Renan Duarte e dos oficineiros Valter Nu e Camila Latenek, que estiveram em contato direto e apoiando as produções dos artistas usuários.

De acordo com eles, é de extrema importância tratar os jovens como verdadeiros artistas. “A arte é uma estratégia de resistência/sobrevivência dentro da realidade de vulnerabilidade que eles vivem. É algo que aparece para ajudá-los a crescer e lidar com os acontecimentos”, ressaltou Renan.

 

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade