Editora Juma

14/08/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

14/08/2018



CER III Cidade Ademar realiza novo mutirão de órteses

Publicado em 25/08/2017

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) III Cidade Ademar realizou, no último dia 3, um mutirão de avaliação de órteses de novos pacientes que estão na fila de espera e entregou quarenta

 

Por Marie Serafim

 

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) III Cidade Ademar realizou, no último dia 3, um mutirão de avaliação de órteses de novos pacientes que estão na fila de espera e entregou quarenta peças que foram confeccionadas após o mutirão do dia 29 de junho deste ano.

Segundo definição da ISO (Organização Internacional para Padronização), “órteses são aparelhos ou dispositivos ortopédicos (palmilhas, óculos, joelheiras, coletes, munhequeiras, etc.), de uso provisório ou não, destinados a alinhar, prevenir ou corrigir deformidades ou melhorar a função das partes móveis do corpo”. O processo para sua feitura envolve prescrição, moldagem, teste e fabricação.

Na avaliação, o usuário testa seu aparelho ortopédico, que é confeccionado sob medida, para avaliar se há ou não necessidade de o mesmo passar por ajustes, até que esteja completamente adequado ao paciente e ao uso que fará dele. Depois, segue para finalização e nova data é agendada para a retirada da órtese definitiva.

Nos dias 17 e 18 foi realizado um mutirão de entregas de cadeiras adaptadas CER III Santo Amaro

A entrega definitiva das órteses deste mutirão do dia 3, que totalizaram oitenta peças, está prevista para o dia 14 de setembro. Neste mesmo dia, foi     realizado outro mutirão de avaliação de órteses.

“Existem vários tipos de órteses, mas as que mais pedimos aqui são as de posicionamento e articuladas, pois ambas ajudam a não criar deformidades nos pés. Os pacientes que não usam ou não têm a órtese adequada ao seu caso, podem criar, futuramente, deformidades que só podem ser corrigidas com cirurgia”, explica a responsável técnica de enfermagem do CER, Samira Lima Ferreira.

Beneficiados

Os pacientes que recebem as órteses são pessoas que nasceram com paralisia cerebral, tiveram um acidente vascular cerebral (AVC) e/ou sequelas de doenças como meningite, por exemplo.

Foi o que aconteceu com o pequeno Miguel Fernandes Batista de 1,6 anos, que teve meningite com um mês e meio de vida e novamente aos dois meses de idade. Na época, ficou em coma e mesmo com todos os cuidados médicos e da família, a doença causou uma sequela motora no pequeno Miguel, que foi beneficiado pelo mutirão. “Não sabia que ele iria receber uma prótese, pensei que iria ter de comprar, não imaginava que existia um lugar assim. Agora, ele vai poder ter um pouco mais de controle das pernas e até quem sabe conseguir andar”, agradece a mãe, Tamires Laila Fernandes Batista.

Fábio Fonseca Camargo, 32 anos, que teve um AVC quando tinha 28 anos de idade, também se surpreendeu positivamente com o serviço. “Essa órtese vai me ajudar a pisar reto, porque piso muito torto. Por exemplo, uma descida para mim é horrível, não consigo descer. E com este aparelho ortopédico acredito que vou melhorar”.

Para a usuária Caroline Rodrigues da Silva, 27 anos, portadora de paralisia cerebral, a órtese vai ajudar em seu equilíbrio. “Quando eu ficar de pé, ela vai fortalecer minhas pernas, porque atualmente é muito difícil eu me equilibrar até mesmo para ir ao banheiro”.

Já para a mãe de Davi Eduardo, 12 anos, Marli de Oliveira Brauna Santos ”o aparelho vai ajudar seu filho no andar, no equilíbrio, na postura, enfim, em tudo”.

Próximos passos

Os mutirões de órteses fazem parte de um acordo validado em 30 de junho de 2017 entre o Ministério Público e a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) com o propósito de acabar com a fila de espera de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção (OPM) na cidade.

Nos dias 17 e 18 de agosto será realizado um mutirão de entregas de cadeiras adaptadas no CER III Santo Amaro.

 

CER III Cidade Ademar
Rua Córrego Azul, 433 - Pedreira

CER III Santo Amaro 
Rua Miguel Yunes, 491 - Usina Piratininga

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade