15/12/2017

O Jornal Mídia Kit Anuncie Edição Digital Fale Conosco
Receba nossa newsletter

15/12/2017

Evite fraude em compra de crédito do Bilhete Único

Publicado em 01/02/2017

Uma fraude no sistema de Bilhete Único tem causado prejuízos aos cidadãos e à Prefeitura com a venda de créditos não-oficiais. Para evitar o golpe, a SPTrans orienta os usuários de transporte p

Evite fraude em compra de crédito do Bilhete Único

 

Uma fraude no sistema de Bilhete Único tem causado prejuízos aos cidadãos e à Prefeitura com a venda de créditos não-oficiais. Para evitar o golpe, a SPTrans orienta os usuários de transporte público a comprar cartões e créditos apenas em postos credenciados. A comercialização de bilhetes fraudados prejudica o passageiro, que corre o risco de ter seu cartão bloqueado, e o poder público, que deixa de receber recursos que ajudam a financiar o sistema de transporte público.

Os passageiros podem tomar alguns cuidados para evitar o bloqueio de cartões pela inclusão créditos não-oficiais. Ao carregar o bilhete, os cidadãos devem desconfiar de valores abaixo da tarifa oficial e não comprar cartões anunciados com passagem mais barata. A SPTrans não oferece descontos na tarifa de ônibus, que em São Paulo é de R$ 3,80 para passagens unitárias. A tabela com todas as opções de tarifas vigentes está disponível na página da SPTrans.

A recarga dos bilhetes pode ser realizada com segurança nos postos físicos autorizados, por aplicativos e pela loja virtual da SPTrans. Caso o cidadão identifique um posto clandestino de recarga, é possível denunciar a fraude pela Central de Atendimento da SPTrans ou por telefone na Central 156.

Atendimento
Com o objetivo de reduzir o tempo de espera e oferecer maior conforto à população, uma força-tarefa foi organizada pela Prefeitura para atender as vítimas do golpe que tiveram seus cartões bloqueados.

No posto localizado na Rua 15 de Novembro, no centro, 20 novos guichês foram instalados e o horário de funcionamento ampliado. De segunda a sexta-feira, a população será atendida das 6h às 20h. Aos sábados e domingos, o local estará aberto das 8h às 18h.

A SPTrans trabalha ainda no aparelhamento de mais postos, preparando a descentralização dos procedimentos necessários ao atendimento dos usuários que tiveram seus cartões bloqueados.

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade