15/12/2017

O Jornal Mídia Kit Anuncie Edição Digital Fale Conosco
Receba nossa newsletter

15/12/2017

Projeto de praça na Vila Clementino é selecionado para a 11ª Bienal de Arquitetura

Publicado em 15/11/2017

O projeto da praça da Rua Botucatu, na Vila Clementino, foi selecionado para a 11ª Bienal de Arquitetura, na categoria Utilidade Pública. “Nós fizemos a inscrição juntamente com o Sr. Cavalcan

 

 

O projeto da praça da Rua Botucatu, na Vila Clementino, foi selecionado para a 11ª Bienal de Arquitetura, na categoria Utilidade Pública. “Nós fizemos a inscrição juntamente com o Sr. Cavalcanti que, gentilmente, nos deu mais informações e detalhes sobre todos os envolvidos nesse trabalho: comerciantes, parceiros, artistas, prefeitura etc. O mais importante é que esse trabalho foi reconhecido  e poderá servir de modelo e se multiplicar por toda a cidade. Certamente, sem a dedicação e a participação do Conselho Participativo da Vila Mariana, esse projeto não teria se realizado”, afirma Aline Ostrowska, conselheira participativa da Vila Mariana e arquiteta do escritório Popovic+Ostrowska, responsável pela planta da praça. Com o tema “Em Projeto”, o evento questiona o significado e o lugar dos projetos na cidade e na sua transformação.

 

A praça, localizada no número 557 da Rua Botucatu, tem 416,80 m² e foi idealizada por moradores da região, com apoio do Conselho Participativo da Vila Mariana, especialmente do conselheiro José Carlos Corrêa Cavalcanti. O local segue o conceito de pocket park, muito comum nos Estados Unidos. Esses “oásis urbanos” são áreas verdes que proporcionam lazer e descanso no meio à paisagem cinza de grandes cidades. E, em breve, o endereço deve ser oficializado como Praça Janela do Sol. O projeto de lei tramita na Câmara dos Vereadores e já passou pela Comissão de Constituição e Justiça. Assim que for sancionado, a Prefeitura Regional Vila Mariana irá fazer a reinauguração oficial da praça.

 

A 11ª Bienal de Arquitetura, uma realização do IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), começou em setembro e a exposição, incluindo o trabalho da praça da Rua Botucatu, fica aberta ao público até janeiro de 2018.

 

Neste ano, o calendário conta com oficinas, residências, seminários, expedições, peças de teatro, exposições, mutirões, ações e atos. A programação e outras informações podem ser consultadas neste link: http://11bienaldearquitetura.org.br/

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade