16/07/2018

O Jornal Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

16/07/2018



Respeito e atitudes gentis podem transformar o trânsito

Publicado em 22/04/2018

Agir com gentileza e generosidade no trânsito, além de demonstrar educação, pode evitar brigas, multas e acidentes graves.

 
Agir com gentileza e generosidade no trânsito, além de demonstrar educação, pode evitar brigas, multas e acidentes graves.
Muitas vezes o cidadão se depara com situações adversas em sua rotina diária: sair de casa atrasado para o trabalho, encontrar congestionamentos inesperados, estar em cima do horário para aquela prova na faculdade que você não pode perder, ou para aquela consulta médica agendada há meses... Quem nunca?
Mas não adianta buzinar, nem ultrapassar pela direita, furar o farol, parar em cima da faixa de pedestre e, muito menos, fechar o cruzamento. Todas essas atitudes, além de tremenda falta de educação, geram multas com pontos na CNH.
Que tal então respirar fundo e adotar atitudes simples para tornar o trânsito menos violento e mais humanizado? Nada fora do nosso alcance, não inventamos a roda. Basta seguir a lei e respeitar o próximo!
Veja alguns exemplos:
1)   Dar preferência ao pedestre, não invadir a faixa e aguardar a travessia com calma, sem acelerar;
2)   Dar passagem ao outro motorista que está sinalizando a intenção de mudar de faixa;
3)   Não gritar com os demais usuários do trânsito, nem reagir a xingamentos ou provocações;
4)   Pedir desculpas quando errar e relevar os erros dos outros motoristas, afinal, quem nunca comete erros?
5)   Ter paciência com idosos e condutores sem experiência;
6)   Não estacionar em fila dupla, nem em frente a garagens;
7)   Não usar a buzina insistentemente ou sem necessidade;
8)   Sempre usar a seta para mudar de faixa, para fazer conversões ou para indicar a intenção de estacionar;
9)   Manter distância segura e respeitar o ciclista;
10)                Não trafegar pelo acostamento;
11)                Respeitar as vagas especiais (deficientes, idosos e gestantes);
12)                Ser educado ao pedir passagem para outro veículo;
13)                Respeitar a sinalização e os limites de velocidade;
14)                Não ultrapassar pela direita;
15)                Não usar farol alto sem necessidade;
16)               Dar espaço e aguardar, sem pressionar, o motorista que precisa estacionar.
“Precisamos nos conscientizar com o fato de que fazemos parte do tráfego e que com pequenos gestos de educação e respeito é possível melhorar a qualidade do trânsito nas cidades.”, ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.
 

FECHAR

 
Publicidade