17/12/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

17/12/2018



Editora lança jogo de palavras cruzadas personalizado com as memórias de quem tem Alzheimer

Publicado em 06/06/2018

ogos de palavras cruzadas são indicados por alguns neurologistas para quem tem Alzheimer, doença neurológica e degenerativa, pois ajudam a manter a mente ativa. Mas, além dos sintomas mais conheci

 

 

 

Jogos de palavras cruzadas são indicados por alguns neurologistas para quem tem Alzheimer, doença neurológica e degenerativa, pois ajudam a manter a mente ativa. Mas, além dos sintomas mais conhecidos, essa doença ainda causa isolamento social e familiar, o que pode piorar o quadro ou até levar à depressão.

 

Pensando neste público, os passatempos da editora de palavras cruzadas mais antiga do Brasil - A Recreativa, que já auxiliavam a exercitar o cérebro, também vão poder ajudar a reconectar os pacientes com as suas famílias a partir do lançamento do projeto “Memórias Cruzadas: as palavras cruzadas feitas com as memórias de quem tem Alzheimer”.

 

O novo site da editora, que foi desenvolvido pela agência digital Mirum, em parceria com a Asteroide, na produção dos filmes, e da Canja Audio Culture, no sound design, é indicado às pessoas que tenham alguém em sua família que sofra da doença. Estes parentes podem acessar a página e responder perguntas sobre a vida e a história do paciente e gerar um esquema personalizado de palavras cruzadas, com a possibilidade de baixá-lo para a impressão também. Ao responderem juntos, criam uma nova conexão com seu familiar conversando sobre as histórias do passado. 

 

O filme de lançamento mostra a importância da presença e compreensão dos familiares para a qualidade de vida do paciente a partir da história da Maria e o relato de sua filha, Berenice. Com uma família presente e interessada em buscar meios de proporcionar seu bem-estar, a Maria ganhou mais uma ferramenta para reforçar essa conexão e trazer benefícios para ambas as partes: paciente e seus entes queridos.

 

Estima-se que há mais de 1.2 milhão de casos de Alzheimer no Brasil. “O que percebemos ao longo do processo é que o Alzheimer impacta também a vida de familiares e amigos, que sentem dificuldade em se conectar com o paciente. Isso aumenta o sofrimento e a dificuldade em lidar com a doença. Por isso, nosso objetivo é proporcionar um momento de interação de qualidade entre eles, usando a tecnologia aliada à criatividade para criar uma solução simples, mas com força para causar um impacto positivo na vida dos pacientes e suas famílias”, comenta Filipe Matiazi, Diretor de Criação da Mirum.

 

O projeto “Memórias Cruzadas” está disponível online para todo o Brasil e ainda estão previstas versões do site em inglês e espanhol. Veja mais detalhes em memoriascruzadas.com.br e o vídeo de seu lançamento no linkyoutube.com/watch?v=-la0jjxKEao.

 

 

FECHAR

 
Publicidade