22/02/2020

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

22/02/2020



Com festa ACSP comemora 125 anos de apoio ao empreendedor

Publicado em 18/12/2019

Por: Rosa Maria Gomes

 

Decoração foi muito elogiada pelos convidados

Com 125 anos completos no último dia 7/12, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) encerra mais um ano de trabalho acumulando ações pelo empreendedorismo brasileiro.

Em um resgate histórico, o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado (Facesp), Alfredo Cotait Neto, relembrou os momentos mais importantes na trajetória da entidade.

Localizada no Centro Velho de São Paulo, onde surgiram os primeiros pontos comerciais da capital, no triângulo formado pelas ruas Direita, 15 de Novembro e São Bento, a sede da Associação surgiu como um ponto de apoio para fomentar novos negócios e assistir a comerciantes locais.

Cotait destacou que com o tempo e o desenvolvimento dos negócios, a história da entidade foi se misturando com a de São Paulo, como na Revolução Constitucionalista de 1932, um movimento armado capitaneado pelo estado de São Paulo que tinha o objetivo de derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e convocar uma Assembleia Nacional Constituinte.  “A ACSP foi protagonista na revolução, apoiando o movimento em logística e mobilização popular”.

Anos mais tarde, começava a história do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), reunindo informações comerciais sobre empresas e consumidores de todo o país e que se consolidou como um dos mais completos e tradicionais bancos de dados do Brasil. Nas palavras do presidente da ACSP, o potencial do serviço o transformou em uma empresa, que desde 2010 é administrada pela Boa Vista.

“E assim, a ACSP deu início a um rol de empresas que hoje, são a base de sustentação da entidade, que busca agora, sua modernização”, diz.

Cotait cita, por exemplo, a plataforma de monitoramento de duplicatas CRDC (Central de Registro de Direitos Creditórios) da ACSP, que este ano recebeu autorização do Banco Central para ser registradora de títulos de crédito; o Certificado Digital que oferece agilidade e autenticidade para transações on-line; a Junta Comercial que por meio de procedimentos simplificados consegue abrir, alterar ou encerrar uma empresa; além de um novo serviço com foco no aumento da oferta de crédito ao micro e pequeno empreendedor, a quem a entidade apoia integralmente.

 “Nossa história é a do empreendedorismo e esses produtos nos colocam a serviço de grandes ideias e iniciativas que constroem grandes empresas”, diz.

Outra novidade para o próximo ano é a abertura da Faculdade do Comércio, da ACSP, que pretende preparar e requalificar quem está envolvido no ambiente comercial, especialmente o digital. Incialmente serão cinco cursos com foco em varejo e marketing digital com o intuito de atrair empresários mais jovens para entidade, como líderes de startups e fintechs, e conduzi-los para o futuro por meio de uma importante integração com importantes empresários de outras gerações.

A atuação de suas 15 distritais foi outro exemplo citado por Cotait. Distribuídas estrategicamente pela capital, elas representam a ACSP no desenvolvimento do empreendedorismo local e estão sendo requalificadas, pois atendem a demandas, prestam serviços e promovem a discussão de temas de interesse dos empresários por meio de cursos e seminários.

“A credibilidade da ACSP é o que temos de mais valioso. Agora, queremos transformar nossa forma tradicional de trabalhar em algo mais moderno, e que de fato, a leve para o mundo digital”, diz. “A atual gestão quer garantir longevidade a essa entidade – conciliando gerações e elevando toda a sua história e acervo para um tom mais moderno e mantendo o varejo em nosso DNA”.

 

 

FECHAR

 
Divulgue sua empresa