18/07/2019

O Jornal Mídia Kit Anuncie Edição Digital Fale Conosco
Receba nossa newsletter

18/07/2019

SP apresenta projeto de ampliação e revitalização do Museu do Ipiranga

Publicado em 05/04/2019

O Governador João Doria se reuniu, no dia 2/03, com centenas de empresários brasileiros para apresentar o projeto de restauração do Novo Museu do Ipiranga. O encontro contou também com a presenç

 

O Governador João Doria se reuniu, no dia 2/03, com centenas de empresários brasileiros para apresentar o projeto de restauração do Novo Museu do Ipiranga. O encontro contou também com a presença de autoridades estaduais, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e ligadas ao Museu e à Universidade de São Paulo – USP.

Mais antigo museu público de São Paulo, o Museu do Ipiranga passa por restaurações desde 2013. No entanto, a atual gestão do Governo Estadual, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e a USP estão se mobilizando fortemente para captar recursos e acelerar as obras para inaugurar o Novo Museu do Ipiranga em 2022, ano do Bicentenário da Independência do Brasil.

Cerca de 150 grandes empresas estiveram presentes ao encontro e foram convidados pelo Governador a realizar doações para as obras. Além disso, Doria solicitou ao Presidente Jair Bolsonaro ampliação do valor que está autorizado, via Lei Rouanet, para a reforma do museu. O valor atual é de R$ 50 milhões e a intenção é conseguir R$ 160 milhões.

Mais informações podem ser obtidas pelo site http://museudoipiranga2022.org.br.

Restauração e modernização

O projeto prevê uma nova ocupação do museu, com mais 5 mil metros quadrados de área nova para exposições e atividades culturais e de forma 100% acessível. A modernização prevê ainda um auditório, um café com loja de suvenires e um mirante.

Museu do Ipiranga

Criado em 1894, o Museu está localizado no edifício que era conhecido como Monumento do Ypiranga, construído para marcar o local da proclamação da Independência. Suas portas foram abertas ao público em 7 de setembro de 1895. O Museu nasceu como museu enciclopédico e foi incorporado, em 1963, à Universidade de São Paulo. Desde 1989, é um museu especializado em história da cultura material da sociedade brasileira.

Hoje, o Museu Paulista da USP conta com um complexo que se organiza em duas sedes: o Museu do Ipiranga e o Museu Republicano, na cidade de Itu. O acervo foi objeto do primeiro tombamento federal ocorrido no estado de São Paulo, realizado em 1938.

Como um museu universitário, é a pesquisa que orienta a curadoria das exposições realizadas para o público. Além disso, o museu oferece cursos de extensão e disciplinas de graduação e de pós-graduação, possui programa de iniciação científica e recebe pesquisadores em pós-doutorado e professores visitantes.

Integra, juntamente com os outros três museus estatutários da USP, o Programa de Pós-Graduação Interunidades em Museologia, único curso do Estado de São Paulo que permite a formação de museólogos. Nos últimos 10 anos, a instituição ofereceu cerca de 500 estágios a alunos de graduação em diferentes setores.

O Museu também é referência para a formação e aperfeiçoamento profissional. Suas oficinas, cursos e visitas técnicas mobilizam profissionais das áreas de conservação, documentação, curadoria de exposições de todo Brasil.

Em ambas as sedes, o Museu reúne 103.000 objetos e imagens, 700 metros lineares de documentação textual e 120.000 mil livros e periódicos dos séculos 16 ao 20. Desde a sua abertura ao público, em 1895, 27 milhões de pessoas já visitaram as exposições.

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade