16/10/2018

A Editora Mídia Kit Edição Digital Fale Conosco

16/10/2018



Entregue obras de unidade da Rede Lucy Montoro e da Fábrica de Cultura em Diadema

Publicado em 05/04/2018

O governador Geraldo Alckmin entregou no dia 27 de março, o prédio da nova unidade da Rede Lucy Montoro, em Diadema. Referência no atendimento especializado a pessoas com deficiência física e mob

 

O governador Geraldo Alckmin entregou no dia 27 de março, o prédio da nova unidade da Rede Lucy Montoro, em Diadema. Referência no atendimento especializado a pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida, além de fisioterapia, fisiatria e traumas, a rede Lucy ganha, agora, uma unidade na região do Grande ABC. Ainda na cidade, Alckmin entregou as obras civis da Fábrica de Cultura de Diadema – a primeira fora da capital. Nos dois casos, o Estado agora vai abrir chamamento público visando à escolha de organizações sociais para equipar e gerenciar os espaços.

O serviço da Rede Lucy Montoro foi implantado num prédio totalmente novo, com 1.870,60 m² de área construída, no denominado “Quarteirão da Saúde”. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 2 milhões destinados às obras, englobando melhorias estruturais, elétrica e hidráulica, que foram executadas pelo município de Diadema.

Na ocasião, o governador assinou o decreto de criação da nova unidade e a autorização para chamamento público de Organizações Sociais de Saúde (OSSs).

“As unidades da ‘Rede Lucy’ oferecem serviços de ponta, com equipamentos modernos e equipes multiprofissionais, garantindo assistência altamente especializada aos pacientes”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

O endereço é Avenida Antonio Piranga, 700, no centro da cidade.

 Fábrica de Cultura

Com mais de 6 mil metros quadrados de área construída, a Fábrica de Cultura Diadema terá o mesmo formato das 10 unidades da capital, com cursos de diversas linguagens artísticas, oficinas, biblioteca, workshops, entre outras atividades.

O equipamento cultural deverá operar plenamente a partir de agosto deste ano - tempo necessário para os trâmites do chamamento público que irá selecionar a Organização Social de Cultura responsável pela administração do equipamento. O Governo do Estado de São Paulo investiu R$ 16,9 milhões na obra executada pela empresa ECG Engenharia Construções e Geotecnia Ltda.

No mês de julho, a população terá uma “degustação”, uma prévia das atividades oferecidas pela Fábrica de Cultura: crianças e jovens poderão participar de oficinas de dança, teatro, circo, literatura, multimeios, entre outras linguagens e, a partir dessas experiências, escolher os cursos nos quais queiram se matricular.

 

 

FECHAR

 
Publicidade